quinta-feira, 11 de junho de 2009

A carne é fraca

A cerca de um ano, decidi ser vegetariana. Como sabia que não agüentaria a dieta vegano (apenas alimentos de origem vegetal), liguei-me aos ovolactovegetarianos, que são a galera que consome apenas ovos, lacticínios e vegetais. Quis mudar porque, além deste grupo ter uma vida mais longa e com mais qualidade, existem vários idealismos no meio, tanto que o termo vegetariano vem da expressão vegetus, que significa forte, saudável.

Para começar, consultei os meus pais, que se mostraram de acordo com minha ideia. Depois, nada de regimes malucos. Fui direto a uma nutricionista especializada, que me orientou quando às dietas.

Minha motivação para tanto é saber que, cada vez que deixo de comer carne, preservo recursos naturais, que seriam utilizados para produzi-la. A economia de água chega a 90%, por exemplo. Além do mais, a dieta vegetariana correta equilibra os níveis de colesterol e evita certos tipos de doença, argumento que faz cair por terra a ideia de que necessitamos de carne para viver.
Deste modo, posso dizer com todo o orgulho que sou cem por cento o que como e que, sim, a carne é fraca.

13 comentários:

Poynter.x disse...

ah, cara, eu até seria vegetariana, SE E SOMENTE SE (me lembrei do pc agora) eu conseguisse comer vegetais.

Star-Girl t1 disse...

Ah, eu sou ovolactovegetariana também, mas meus pais não apóiam e fazem carne todo dia, aí eu quase sempre como só arroz e feijão com uma salada, no máximo como o que colocaram junto da carne, tipo batata algo assim. Eles me odeiam, não é possivel, ahuhauahu, mas ´serio, é tão mais difícil quando ninguém apóia. '-'

Marcus Alencar disse...

Achei muito criativo a forma vc trabalha a idéia que o titulo passa com o que você quer passar no texto. Apesar de não partilhar da mesma decisão que você tomou, talvez por falta de coragem, entre outras coisas, apóio totalmente a sua iniciativa consciente e saudável, tanto individual como coletiva.

Henrique Miné disse...

eu até seria vegetariano...
se o churrasco de hoje não tivesse sido tão delicioso, hehehe.

Fazer o que, voce mesma disse, a carna é fraca...



Beeeijos.

Douglas N. disse...

Cara, ficou sensacional a relação do título do texto com sua conclusão feita no final do mesmo. Sempre tento fazer isso. haha - Mas, vamos lá: Enfim uma ativista! O/
Muito bacana sua decisão de cortar as carnes e tal, eu não me atreveria nem conseguiria chegar a tal ponto, mesmo não comendo muito e gosto de carne. Mas o discutível mesmo desse post não é a situação da carne, é sua decisão, que transcende muitos ideais e a meu ver é uma boa afirmação de autonomia, sabe. Coinscidencia ou não, seu post bate de frente com o meu: eu falando de hipocrisia e você de auto-afirmação. Bacana, Bacana.

Beijos;

Nathália Monte ;D disse...

eu sou ovolactovegetariana!! tanto tempo ja..hhhahaha

beijO chuchu

Ryan disse...

Isso já passou pela minha cabeça, mas não consigo abandonar aquele lindo BIFE com batatas fritas! Nesse caso, a minha carne é MUITO fraca! Sou carnivoramente carnivoro!

Thainá Soave disse...

Um ano? Estou sem comer carne a exatamente em ano, esse mês de junho completa um ano . Me sinto cada dia melhor desde então .Cortar a carne da minha vida foi o maior e melhor passo que eu dei!
Hoje me sinto bem mais saudável e em dia com o meio ambiente .O motivo por cessar o consumo da carne foi entre muitos, a minha preocupação com o meio ambiente.
Muito legal encontrar gente como a gente.
Beeijos Sam ,maravilhoso blog !

Thiago Laurent. disse...

*---------*

Livre Pub disse...

Não nasci para ser vegetariado... Adoro carne. Aquela sangrando no churrasco, um peixe num japa... Nem rola parar de comer carne.


Adoro a frase d onde vc tirou o nome do blog. Cazuza é foda!

"Estou num clipe sem nexo. Terror, retrocesso. Meio bossa nova e rock'n'roll"

º Tayla º disse...

olha eu gostaria muito de ter essa determinação e 'virar' vegetariana, maaas..nada me impede de tentar mais uma vez...hehe.
parabéns pela sua escolha, então! =P
beijo!

Patrícia disse...

Já fui tudodebloguete (2007). Caiu esta pauta também. Eu sou porcariana. Hehehe

Dani Vieira disse...

Um pouquinho paradoxal Sam, lembro que quando eu me tornei vegetariana fui tarjada de fresca por você. E se me lembro bem, não é bem um ano não. Alguns meses, moça. Todos tem direito a vida, e como você sabe, adoro quebrar coisas. E a cadeia alimentar é uma delas. uhul Tá, parei.

beijos