domingo, 20 de setembro de 2009

Espelho


Eu sou você, assustada, na hora em que acorda. Eu sou você, com cinco quilos a mais, após as festas de fim de ano. Eu sou você quando a calça nova não entra. Eu sou você, com o cabelo impossível. Eu sou você, dos olhos borrados no final da festa. Eu sou suas roupas, tão comuns. Eu sou suas espinhas, tão cotidianas. Eu sou as olheiras após mais uma virada de noite, estudando. Eu sou o seu desânimo para sair, no dia seguinte. Eu sou suas ameaças de morte - nunca cumpridas, vale ressaltar - à professora de física e ao professor de literatura, que teima em odiar cada redação sua. Eu sou a sua fúria quando algo não sai de acordo com os planos. Eu sou você desesperada, quando vê algo que não quer ver. Eu o seu choro, com a história tão bonita e tão triste que acabara de assistir. Eu sou sua vida, trilho de trem que, por mais vezes que entorte, volta sempre ao lugar. Eu sou suas mãos, ávidas, procurando um papel para pôr um sentimento, nem que seja falso. Eu sou o esmalte de cor estranha, que atrai comentários que não quer ouvir. Eu sou a felicidade quando alcança algo que quer desde... Desde quando, hein? Eu sou uma troca. Sou uma rachadura, grande e irremediável, inutilizando aquilo em que se alojou. Eu sou eu, levado pra reciclagem.

Será que você vai ser reciclada também?

18 comentários:

Patrícia disse...

É, Samia,
será que vou ser reciclada? É a pergunta que não quer se calar...
Aliás, tem outra dúvida mais cruel: eu reciclo o que posso. Mas...e as outras pessoas? Será que tem essa consciência? Se não tiverem, não vão me reciclar. Mandam pro lixo direto. Ufa!
Parabéns pelo blog. É lindo!

Ricelly Gama disse...

MEGA refletindo OO'

IsaBella MenSant! disse...

Amei o teu cantinho. Me vi em varias frases do texto. Infelizmente tem dias que a gnt acorda se sentindo um lixO e msm a melhor reciclagem do mundo não nos anima...

Mas o tempo passaa..

XerOo

Ran Omelete disse...

Me lembrei daquele desenho do super herói pato, o Darkuin Duck (não sei se é assim que se escreve), que tinha um lema que sempre mudava, mas que essencialmente tinha mais ou menos essa estrutura:

"Eu sou a coceira que dá onde seu braço não alcança. Eu sou a unha encravada que machuca seu pé. Eu sou a cárie que o seu dentista não consegue extrair. Eu sou o terror que voa na noite. Eu sou Darkuin Duck!".

E também me lembrou daquele famoso conto do Edgar Poe, em que um homem é perseguido pelo seu suposto duplo.

Katrina disse...

Reciclagem não deixa de ser algo parecido com salvação

Agatha disse...

Prefiro ser reciclada do que jogada no lixo. Reciclar, pra quem sabe poder começar tudo novamente. Não acho seus textos confusos como já disseram-me, para mim eles apenas possibilitam diversas interpretações. Atoron q

Um beijo.

Luana Mendes disse...

E só pra variar seus textos me fazem parar. Ler. Reler. Pensar. Nã conseguir chegar a uma conclusão. Deixar de lado. Mas não esquecer.

Saam, saudades de você, guria. Adoro-te.

;*

Erica Ferro disse...

Me desfaço, me refaço, me reciclo e insisto. Sou eu.

Adooorei esse post.
Lindo e profundo, como todos os outros.

Beijo.

.Fran. disse...

Muito bom esse teu canto, esse show meio bossa nova e rock'n roll. Belo texto, divinamente humana.

bjus!

Jaya disse...

Eu fui você, em passagens.

Saudades, Sam.

[Eu te desejo o mundo, moça. Sei do quanto é fodinha isso de vestibular, de quebrar a cabeça, de decisão, de tentar acumular o máximo. Por isso, eu digo, alto, eu aposto em você].

Um beijo.

Luciano de Sálua disse...

Minha rosa, pegue de volta essa que esta te olhando, o mais depressa possível... Só somos completos coms as rugas, olheiras, espinhas, cansaços, desistências, medos e sustos.... Tudo isso não nos julga, nem julga os seus opostos, todos fazem parte da mesma sinfonia...

luisa.minuteen disse...

Oi! Acessei seu blog por acaso e vi que você se esforça pra manter o site suber bonito e bombando, né? Seguinte estou divulgando um Festival de cinema de filmes de um minuto feitos pela galera de até 14 anos. Já entrei em contato com vários blogueiros e estou agora entrando em contato com você pra ver se tem interesse em divulgar no seu blog ou até participar, ok?

Aí vai meu MSN: luisa.minuteen@hotmail.com

Luciano de Sálua disse...

Answer to P.S.: Não mais do que a vontade que tenho. Sabe quando o pólen saí das flores e seduz as abelhas? Assim me sinto com tuas palavras, flor.

Tenho uma proposta para te fazer! E ainda não é de casório, rs. outra coisa!

Desirée disse...

Ela sou eu?
Respondendo a pergunta acima: é os dois!

ALICE SOUZA disse...

simplesmente incrivel amei o teu cantinho muito criativo!!!!!!!!!!

ALICE SOUZA disse...

parabens pelo teu cantinho muitissimo criativo e as materias incriveis amei !!!!!!!!! www.alicesouzaperrez.blogspot.com

as viciadas disse...

Tomara que eu seja reciclada.
Tem dias que tô um lixo humando
HOHOHO.

Beijones, L.

Marcus Alencar disse...

Eu vivo tentando me reciclar mas não sei porque nunca consigo da forma como quero, talvez seja assim por mais que a gente veja nosso reflexo no espelho acaba sendo um caminho complexo tentar mudá-lo para uma imagem novo...
quem sabe?
beijossss