quinta-feira, 15 de abril de 2010

Esfinge

Se de ti fujo é que te adoro e muito,
És bela - eu moço; tens amor, eu - medo!...
(Casimiro de Abreu)

Ora, confuso? Não o sou. Apenas não aprendo essa ciência do nós - de nós que não se desatam.

Já fui chamado de paradoxo, antítese e metamorfose ambulante - e este último deixo para Raul. Sou partícula ínfima do universo, volúvel, mutável. Faço[-me] parte desta dança de tédio, este baile infinito de estrelas, amores, enganos e receios...

Não sei mais qual o maior dos meus temores. Insisto no bonito, prolongo-me nos delírios, afasto os deletérios. Ainda está calada? Irônico. Eu, que sempre gostei do silêncio, me sinto refém de sua mudez. Minha inquietude se perde no teu labirinto moreno. O sorriso lânguido, os olhares lascivos, a fina malícia oculta... Não quero, não posso, não devo!

Nosso agora é o que sinto - de dentro pra fora, de amor pra pele. Esfinge, decifro-te; devora-me!

É bom ser Romântico
ainda que um tanto Casimiro

13 comentários:

Fernando Lana disse...

FIRST!

...zueira

gostei do texto, muitas refeRências ao cara de PAU GRANDE jhauhauhauhauhauaa

Larissa disse...

ahh como é difícil nos desvendar, não?!
Como sempre, textos incríveis!
;*

Erica Ferro disse...

Esse texto é tão eu...
Gostei muuuito!

;*

Renan Mendes disse...

Aaah, cara, acho que tá ficando cansativo elogiar teus textos...
AKOPAKOPSAKPOAKPOKSAPO'
Fazer o quê, né?
Texto muito bom.
É realmente dificil nos desvendar.
Beijos

Camila ' disse...

ÓTIMO, muito bom mesmo!
O blog é lindo tbm (:

. Nath ~' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daninha disse...

Ah, você é incrível '-'
Sem mais.
Beijos

Ninaaa . disse...

Eu prefiro não entrar na dança do hoje e continuar acreditando que nós se desatam. Raramente, mas se desatam sim. E pra que melhor que Casimiro? Beeeijos flor.

Jéssica Cruz disse...

O medo sempre faz parte.

Ceres disse...

Escreve no masculino?!

ou o texto todo é do Casimiro?

Impecável o texto, de qualquer forma, fantástico.

Angie disse...

Eu fico pensando,ruminando,e nada.Zero.Engraçado,pois geralmente,quando gosto,eu comento textos com facilidade.Mas não aqui!É o jeito como você escreve,a forma como emprega perfeitamente as palavras,e a emoção que elas no passa - principalmente essa última.Não sei,fico meio perdida.É pra ser assim?
Haja fôlego!

★тєcα★ disse...

Querida criei uma comunidade no orkut chamada "Mulheres Blogueiras" para podermos conhcer o blog umas das outras e reunir toda a mulherada que tem blog vou deixar o link para que você conheça:http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=101671956

Beijão Samia!!!

Luciano de Sálua disse...

bla, bla, bla - voltei.